Pitacos Musicais: Obrigado, Mtv!

Habitantes queridos, perdoem meu atraso, mas não tive o tempo necessário para postar ontem! Agora, vamos ver se tiro o atraso!!!

Hoje eu gostaria de falar sobre algo que está sendo muito questionado nos ultimos meses, que é o fim da Mtv Brasil, no ar desde 1990.

Sucesso nos Estados Unidos e na Europa, a Music Television foi o primeiro canal que tinha como objetivo principal a execução de clipes e programas musicais. No Brasil, a MTV ganhou sua primeira edição com sinal de TV aberta. Desde o programa RockGol, a MTV Brasil ganhou diversos programas de comédia, como o Furo MTV e o Comédia, deixando a música em segundo plano nos ultimos anos.

Imagem

Símbolo da minha infância

Foi justamente essa falta de destaque que iniciou uma crise generalizada de público e de finanças na MTV. Controlada pela Editora Abril, a rede jovem perdeu muito o seu público com saída de seus principais Video Jockeys (como Marina Person, Cazé, Marcos Mion) e começou, aos poucos, a se tornar uma emissora de comédia. Fábio Rabin, Dani Calabresa, Marcelo Adnet e Tatá Werneck são alguns dos principais nomes da comédia da MTV que largaram a emissora por causa de salários, reduzindo ainda mais o magro público.

Essa crise fez com que muitos empregados da MTV fossem demitidos, mantendo apenas a equipe do programa Furo MTV para produzir todos os programas. Até Outubro (quando a emissora volta para a produtora Viacom), o planejamento é de passar apenas reprises dos programas e clipes.

Mas, por que eu dei toda essa notícia? Bom, como vocês sabem, faço jornalismo com a Cami, a Helô e a Isa, e sempre fiquei na dúvida se iria para os esportes ou para a música, logo a Mtv era uma ideia fixa de emprego. Sem contar que programas com TopTop, Covernation e os mais diversos programas de vídeos, que foram muito presentes na minha formação musical.

A Mtv seguirá como uma emissora fechada, o que deve tirar muito a sua influência no cenário musical brasileiro. A força e o alcance que a marca da Mtv tinha era graças a esse fácil acesso, algo que não acontece com suas concorrentes VH1 Brasil e MultiShow, ambas disponíveis apenas para a TV paga. Foram 23 anos no ar, levando gratuitamente todas as novidades do mundo da música para o público brasileiro e isso é o que mais fará falta!

Apesar de seguir como canal a cabo, a influência da Mtv como fornecedora musical tende apenas a cair mais do que já caiu com a geração de comédia dos ultimos anos. Depois de tanto tempo nos dando tantas alegrias e canções, a Mtv ficará escondida em meio a tantos canais, se fazendo necessário, mais do que nunca, que se pague para ter programas estritamente musicais.

A Mtv Brasil ficará para sempre na memória do público. Mas eu torço para que, apesar da mudança de transmissão, a emissora volte a ser sobre música (claro, com alguns de seus programas de comédia) e volte a ter o papel de maior comunicadora jovem da televisão brasileira. Espero também que outras emissoras percebam a falta que a Mtv fará na rede aberta e supram a necessidade musical do público que não tem acesso à TV a cabo, para que as diversas gerações por vir tenham a mesma relação com a música que eu tive na infância.

Que venham mais Mtv’s, mais clipes e cada vez mais redes que saibam falar com o público jovem. E, mais uma vez, obrigado, Mtv Brasil, por ter me apresentado e me mantido na música por tanto tempo. Sentiremos sua falta!

Valeu, gente! Beijão e até mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s