Quando o relógio bate a uma…

… Todas as caveiras saem da tumba!
Fala, habitantes!
Que tal eu aumentar um pouco mais a tetricidade desse final de semana Halloween + Finados?
Aqui vai uma lista com alguns filmes que se encaixam perfeitamente nessa atmosfera! Vale assassinato, alienígenas, fantasmas, bruxas e até algumas risadas para esquentar os calafrios.

The Innocents ( Os Inocentes – 1961) –  Do diretor Jack Clayton

MV5BMTQ0MDU4NjIzNl5BMl5BanBnXkFtZTcwOTA1NjAzMQ@@._V1_SY317_CR4,0,214,317_

Classificado como um thriller altamente sutil, Os Inocentes conta a história de uma governanta que vai trabalhar em uma casa de um monarca e tomar conta de suas duas crianças. Porém, com o passar do tempo, a governanta Miss Giddens suspeita de que há algo de errado com o casal de irmãos, que parecem estar possuídos.
O filme lembra muito o novo The Conjuring e ataca puramente o psicológico, não há uma gota de sangue, mas não se engane, a tensão nesse filme é grande e leva a um final surpreendente.


The Shining (O Iluminado – 1980) – 
Do diretor Stanley Kubrick

MV5BODMxMjE3NTA4Ml5BMl5BanBnXkFtZTgwNDc0NTIxMDE@._V1_SY317_CR1,0,214,317_

Houve boatos que o escritor Stephen King detestou a adaptação de uma de suas obras mais famosas para o cinema, mas os fãs de um bom terror e das sobrancelhas de Jack Nicholson discordam.
O roteiro é simples e conta a história da família Torrance que vai passar alguns dias em um hotel no interior em consequência do emprego do pai de família Jack.
Porém, depois de se instalarem, coisas estranhas começam a acontecer, o comportamento de Jack de altera e a família, e todos os empregados do hotel, passam a correr risco de vida.
Considerado um dos melhores filmes de terror do século passado, O Iluminado apresenta cachoeiras de sangue, literalmente, um machado e duas gêmeas muito simpáticas! Afinal, “here’s johnny!”

Saw (Jogos Mortais – 2004) – Do diretor James Wan

MV5BMjE4MDYzNDE1OV5BMl5BanBnXkFtZTcwNDY2OTYwNA@@._V1_SX214_

Haters gonna hate, mas é impossível negar que a franquia Saw é a melhor do gênero gore dos últimos tempos. Os filmes contam a história de diversos grupos de pessoas que, aprisionadas, devem seguir as ordens de um boneco sinistro para que possam sobreviver em meio a decepamentos, mutilações, envenenamentos e muito sangue.
Obviamente, o primeiro dos 7 é o melhor e prende o espectador até o final do filme, fazendo arrepiar aquelas pessoas que não suportam ver partes do corpo fora de seus lugares de origem
Clássica saga de terror.

Psycho (Psicose – 1960) – Do diretor Alfred Hitchcock

MV5BMTgyNDIxNzQ4MF5BMl5BanBnXkFtZTYwMzkyNTQ2._V1_SX214_
Desculpem, habitantes, mas é impossível não colocar o maior filme da carreira de Hitchcock na lista. Eleito o melhor filme de terror de todos os tempos pela revista Entertainment Weekly, Psycho conta a história de Marion (Janet Leigh), uma funcionária que rouba 40 mil dólares da empresa onde trabalha e foge para se encontrar com o amante. No caminho, Marion para no sinistro Motel Bates e conhece seu dono, Norman Bates (Anthony Perkins), e seus hábitos estranhos.
O filme marcou a história do cinema e continua assustando muita gente por aí, quem não se lembra da cena do chuveiro com aqueles malditos violinos tocando ao fundo?

Rosemary’s Baby (O Bebê de Rosemary – 1968) – Do diretor Roman Polanski

MV5BMTY0NzkxMzIwM15BMl5BanBnXkFtZTcwMjg2Njk3OA@@._V1_SY317_CR5,0,214,317_ (1)
Outro thriller  profundamente tenso, evolvendo demônios, seitas, ervas e uma Mia Farrow moderninha.
Rosemary’s Baby conta a história de um casal, Rosemary e Guy Woodhouse, que se muda para um novo apartamento em Nova York, cercado de vizinhos simpáticos. De repente, Rosemary fica grávida e uma enorme paranoia se instala ao redor do bebê e de sua segurança.
O filme alcança seus ápices em momentos iniciais e no final, quando Mia Farrow faz uma das expressões mais desesperadoras do cinema.
Um filme um tanto lento, mas muito assustador.

The Sixth Sense (O Sexto Sentido – 1999) – Do diretor  M. Night Shyamalan

MV5BMTc2MTQxNDI5MV5BMl5BanBnXkFtZTYwNjkzMDc4._V1_SX214_
Confesse, você já sabia o final desse filme antes mesmo de vê-lo. O Sexto Sentido talvez seja o filme mais clássico e surpreendente sobre espíritos já feito. Ele conta a história de Haley, um garotinho que vê os tais fantasmas que ainda vagam sobre a Terra, procurando ajuda. Ele é ajudado pelo psicólogo Malcom, que é interpretado por um Bruce Willis meigo e atencioso.
Não vou me estender porque, bom, você já sabe quase tudo sobre o filme, certo?
E você? Também “see dead people all the time”?

The Blair Witch Project (A Bruxa de Blair – 1999) – Dos diretores  Daniel Myrick e Eduardo Sánchez 

MV5BMTg0NjMyNTY4OF5BMl5BanBnXkFtZTYwOTMxOTY4._V1_SX214_
Uma lista macabra sem “bruxas” não é uma lista macabra!
Muitas pessoas concordam, A Bruxa de Blair, em si, não é um filme excepcional, mas foi o pioneiro a usar a câmera na mão, copiada em diversos filmes posteriores, como REC, Cloverfield, mas, confessemos, o filme mete medo, sim.
O roteiro se resume em um grupo de jovens se perdendo na floresta e decidindo filmar um documentário sobre a famosa Bruxa de Blair, lenda na região de Maryland, nos EUA.
Já deu pra prever que algo não dará certo nessa história, não é?

Alien (Alien – O Oitavo Passageiro – 1979) – Do diretor Ridley Scott

MV5BMTk3NzkwMjA3OV5BMl5BanBnXkFtZTYwMTIwOTk2._V1_SY317_CR3,0,214,317_
Vamos de ETs? Alien talvez seja o melhor filme que já juntou sci-fi e terror de uma maneira que prende o espectador até o último minuto.
O longa conta a história de uma tripulação espacial que recebe um chamado de um planeta desconhecido, após procurar por sobreviventes, eles retornam à nave com algo extremamente indesejável.
Alien ganhou o Oscar pelos melhores efeitos especiaise tem um elenco de primeira, inclusive o próprio alien, vulgo fungador de cangotes alheios.
Mas, peraí, oitavo passageiro? Por incrível que pareça, a tradução do título do filme está errada, os tradutores esqueceram de contar o fiel gatinho da tripulação! São nove na lista, comandante!

Muita polêmica e muita tensão… Vamos amaciar o clima um pouco.

The Nightmare Before Christmas (O Estranho Mundo de Jack – 1993) – Do diretor Henry Selick

MV5BMTc5MDY0MjkwNV5BMl5BanBnXkFtZTcwNTk2Njk3OA@@._V1_SY317_CR12,0,214,317_

Escrita por Tim Burton, essa animação fantástica conta a história do esqueleto Jack que, ao explorar os arredores da Cidade do Halloween, descobre a Cidade do Natal e incorpora sua ideologia na sua cidade de origem, mas as coisas não dão muito certo.
Com uma bela trilha sonora e personagens realmente assustadoras, a animação virou clássico e assustou a Pixar, líder das animações na época, ao arrecadar muito mais do que esperado com um traço mais simples e, talvez, mais bonito.
Confesso que ainda tenho medo daquele monstro-saco-verde que vivia nos subsolos da cidade…

Just Like Heaven ( E se fosse verdade? – 2005) – Do diretor Mark Waters

MV5BMTk0Njk2OTY2N15BMl5BanBnXkFtZTcwNTAxNjAzMQ@@._V1_SX214_

Ok, habitante, decidi fechar a lista com um filme Sessão da Tarde, mas antes que alguns de vocês se indaguem, explicarem o por quê.
O filme conta a história de um arquiteto (Mark Ruffalo) que se muda para um novo apartamento, porém, ao chegar lá, percebe que a antiga moradora (Reese Witherspoon) ainda não o desocupou. Por mais que o arquiteto tranque a porta a sete chaves, a misteriosa mulher continua aparecendo e desaparecendo, então, percebe-se que a moça é um espírito que precisa de ajuda para encontrar a luz.
Um romance bobo, mas com ares minimamente sobrenaturais, vai!

Essa foi a lista! Bom final de semana cinzento para vocês!
Até semana que vem :3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s