#Viagem Parte 3: Quando em São Francisco…

É, aqui acaba o meu diário de viagem. Fiquem com seus bilhetes de embarque em mãos e bora despachar as malas… Mas antes de vocês terem de desligar seus eletrônicos, resolvi ser bem clichêzona e contar um pouco dos lugares mais tchãns de São Francisco. Vamos lá?

Depois de uma viagem nem um pouco confortável no táxi de um croata gigante e peludo, finalmente chegamos ao hotel, na 4th street, uma rua no mínimo privilegiada. De um lado, a Powell street e a Union Square, com lojas como GAP, Sephora, Diesel, Forever 21, Macy’s, H&M, Apple Store e Old Navy; do outro, a Mission street, com seus incontáveis museus e centros de cultura. É lá que fica o Cartoon Art Museum, do qual eu falei semana passada, assim como o MOMASF, o museu da diáspora africana, a sede dos estudos históricos LGBT e um parque muito gostosinho chamado Yerba Buena Park (hehe, Califórnia). Os arredores da Union Square são como os da nossa Oscar Freire: sofisticados, badalados e cheios de turistas.

SONY DSC

O Yerba Buena park 🙂

SONY DSCSe você andar pela Powell street até uma rua de paralelepípedos, vai encontrar cable cars: os simpáticos bondinhos históricos de São Francisco. No resto da cidade, os bondinhos antigos foram reformados ou trocados, mas aqui eles são abertos e controlados pelos pobres (e enormes) condutores, que param em cada cable car stop com enorme esforço e gritam o destino daquele carro ou o nome da parada. É engraçado, porque muitas vezes não cabe mais gente, e os condutores deixam alguns turistas confusos para trás. Estes bondinhos levam até o Fisherman’s Wharf.

SONY DSC

O ícone do Fisherman’s Wharf!

SONY DSC

Os “cable cars” são virado manualmente há décadas

SONY DSC

os motoristas aqui estão acostumados com os bondinhos que enchem o saco no trânsito, ainda mais nessas subidas.

Construído como um bairro de pescadores, o Fisherman’s Wharf acabou se tornando um porto gigante e vibrante, cheio de luzes e coisas para ver. O píer 39, por exemplo, é invadido por dezenas de fofos leões marinhos que só querem tomar sol e escapar das águas frias da Califórnia. Eles brigam, brincam e se molham, fazendo a alegria dos turistas, e seus berros podem ser ouvidos a vários metros de distância. No Fisherman’s Wharf, você pode comer o melhor caranguejo da região (eles são enormes!), encontrar coisas curiosas como uma padaria que faz pães em forma de bichos (e em tamanho real) e agendar os mais diversos passeios.

SONY DSC

A ilha de Alcatraz muahahaha

Um desses passeios é uma visita à antiga prisão de Alcatraz. Conhecida como “The Rock” (“A Rocha”, em inglês), a cadeia ficava em uma ilha cruelmente próxima da cidade, de modo que os detentos pudessem ver as luzes de São Francisco, mas não conseguissem vencer a força da corrente fria das água da Califórnia, são até hoje infestadas de tubarões. Os presos de Alcatraz eram os mais perigosos dos Estados Unidos. Diziam que, se você fosse para a “Rocha”, era porque tinha realmente cagado na vida, e é verdade: Al Capone foi um dos presos. Uma vez dentro da ilha, os detentos não podiam conversar, jogar cartas, cantar ou assoviar, e só recebiam visitas uma vez por mês. Ao longo da história da prisão, foram registradas 36 tentativas de fuga, mas só duas foram bem sucedidas,. Uma delas, a famosa fuga de Frank Morris e os irmãos John e Clarence Anglino, ocorrida em 1962, continua um mistério até os dias de hoje, e foi a inspiração do filme “Fuga de Alcatraz”, com Clint Eastwood. O interessante é que as famílias dos carcereiros moravam na “Rocha”, então há uma geração inteira de crianças que cresceu em Alcatraz, com o barulho da agonia dos presos. Dá pra imaginar?

SONY DSC

Eu + Golden Gate = zueira sem limite nenhum

O outro passeio gostoso que dá para fazer saindo do Fisherman’s Wharf é atravessar a Golden Gate de bicicleta, passando pelo Golden Gate park, até uma pequena e fofa cidade chamada Sausalito. Não vou mentir: as colinas de São Francisco me mataram na ida. Mas as paisagens eram lindas.

SONY DSC

uuuuuuuuuuuuu que delícia!!

Uma vez na ponte, o mundo parecia diferente, como se só o que estava na Golden Gate naquele momento existisse. O dia estava anormalmente claro, sem nenhuma nuvem no céu, de modo que pudemos admirar tanto as duas extremidades da ponte quanto a cidade de São Francisco ao longe. A Golden Gate começou a ser construída em 1933, tem quase 3 mil metros de comprimento e é linda demais. Depois de uma descida íngreme pra caramba 9a qual eu desci gritando “uuuuu que delícia”), chegamos a Sausalito, que é essa beleza:

Sausalito: a coisa mais fofa e fina que eu já vi

Sausalito: a coisa mais fofa e fina que eu já vi

Para terminar, vamos falar de hippies. Os arredores do cruzamento “Haight-Ashbury” ficaram famosos nos anos 1960 por atrair os “paz-e-amor” de todos os cantos do país, tornando-se um ícone da contra-cultura – e das drogas, claro. Hoje, o “The Haight”, como é conhecido o bairro, é como uma Vila Madalena, só que muito mais legal e colorida. Por toda a parte, pessoas interessantes se cruzam: mulheres no cúmulo da moda, homens com camisetas de bandas dos anos 70, crianças estilosas. As lojas também não têm nada a ver uma com a outra. Encontrei vários brechós antigos, sorveterias, lojas com artigos para travestis, lojas de camisetas e posteres, lojas onde se vendia maconha, lojas de óculos muito maneiros… enfim, tudo de bom!

SONY DSC

SIM, isso é um Pateta fumando um.

SONY DSC

Eu e meu parceiro Bob

SONY DSC

Só leiam a placa.

SONY DSC

Cílios postiços para meninas com algo a mais.

É isso, gente. Agora, sim, apertem os cintos e retornem suas poltronas para a posição vertical, porque acabou a minha matéria em três partes. Espero que tenham gostado!

 

SONY DSC

Pra fechar, eu na minha Limousine. Sério: por US$6 por pessoa, voc~e consegue dar uma volta na cidade de Limo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s