#PitacosMusicais: Racha, maconha e bebida: Justin Bieber e as crianças

Bom dia, meus caros (2) leitores! Feliz 2014 a todos! Demorei para voltar porque tinha preguiça afazeres inadiáveis e não conseguia prestar atenção em materiais para meu post do Pitacos. Mas, graças ao único canadense mal-educado da história da humanidade, finalmente tenho o que escrever!

Imagem

Mais bonito que minha foto da carteirinha: foto da delegacia de Justin Bieber

Na terça-feira, dia 21, nosso amado Justin foi parado na Florida tirando um racha com seu amigo Khalil e, pasmem, seu pai, que fechava a via com dois veículos para que a polícia não chegasse. Segundo a polícia de Miami, Bieber apresentava sinais de embriagues e se recusava a tirar suas milionárias dos bolsos, resistindo à prisão. Já o exame de sangue feito na delegacia apontou o uso de álcool, anti-depressivos e maconha no corpo de Justin. Prato cheio para a imprensa e para os anti-fãs do garoto.

Mas, quem pode ser dito culpado por tal comportamento? Algumas semanas atrás eu compartilhei no twitter esse post do 9GAG, que compara diversos artistas que ficaram famosos anos atrás com Justin Bieber e One Direction. Mas vamos parar para pensar: hoje em dia, o alcance desses artistas é infinitamente maior, suas ações, boas ou ruins, sempre vão atingir mais gente. E, no começo da carreira, Justin Bieber não mostrava tantos sinais de rebeldia e criminalidade como hoje.

Empresários e público mandam na vida dos artistas, principalmente quando começam tão jovens. Não defendendo Bieber, até porque não teria motivos para isso, mas se ninguém tivesse marcado uma audição com ele 5 anos atrás, provavelmente ele não estaria por aí fazendo o que quer. O público e a imprensa mimou demais um adolescente que entrou na idade adulta achando que poderia fazer o que quisesse. E isso vale para muita gente na música.

O público alvo de Justin Bieber SEMPRE estará entre 10 e 15 anos. Sempre! Mas, diferente de Miley Cyrus, que mudou na maneira de fazer e divulgar sua música, Justin não mudou nada artisticamente, apenas passou a ser um babaca fora dos palcos (e neles também). Enquanto uma procurou mudar quem ouve seus CD’s, o outro só achou ser verdade quando dizem que ele pode fazer tudo o que quiser sem consequencias. Suas melodias, danças e tweets continuam fofinhos e dignos da Disney e seu público, mas suas ações são terrivelmente devastadoras e, por mais que digam que não, influenciam a cabeça de seu público. As “beliebers” foram às redes sociais para compartilhar o apoio por um criminoso, que cuspiu em fãs, agrediu papparazzis, pichou muros, tirou rachas e por aí vai, aumentando o ego e o complexo de deus na cabeça de um garoto de 20 anos. Ano passado ele anunciou sua aposentadoria e voltou atrás só para ver qual seria a reação de suas fãs.

Não estou dizendo que Freddy Mercury, Kurt Cobain, Jimmy Hendrix e outros lendários membros do rock n’roll não tinham atitudes duvidosas. Mas nenhum deles era influência direta para pessoas que não tinham idade ou maturidade para discernir o certo do errado. Tenho todos os discos do Nirvana e não tenho a menor pretensão de cometer um suicídio, mas várias fãs de Bieber dilaceraram sues braços em 2012 por uma campanha do Twitter chamada de #CutForBieber (Se corte por Bieber).

Quando sua família fala em reabilitação e ajuda profissional, Justin Bieber zomba deles e diz que não precisa, enquanto suas fãs elevam suas ações como nada mais que um escorregão de um deus, pois se acostumou a ser tratado como um por todos a sua volta por muito tempo (inclusive imprensa, diga-se de passagem!).

Rico desde os 16 anos, Bieber não vê necessidade em controlar as suas ações e empresários não demonstram vontade de amansar seu mais rentável monstrinho adolescente. Descontrolado e com um alcance quase interminável (salve, Coréia do Norte!), Justin é uma bomba relógio prestes a explodir, mas seus efeitos colaterais já são sentidos a muito tempo.

Enfim, é isso! Desculpem o tom sério de hoje, semana que vem o Pitacos volta ao normal com a resenha de …Like Clockwork, do Queens Of The Stone Age!

Valeu, gente! Beijão e até mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s