#LateraldaLeitura: Resenha “O Projeto Rosie” de Graeme Simsion

Sexta-feira é um dia lindo vocês não acham? E que tal passar a tarde de hoje sem estudar e ler um chick-lit tão lindo quanto?

image (3)


ISBN: 978-85-01-40221-9

 Editora: Record

 Páginas: 319

Don Tillman, 39 anos, musculoso e tão bonito quanto Gregory Peck, é professor de genética  e nunca teve uma namorada. Em seu estrito cronograma de atividades, todas as tarefas são  calculadas para garantir o menor desperdício de tempo. Nada de imprevistos ou de surpresas;  diretrizes para que Don não precise recorrer às suas baixíssima habilidades sociais. Mas. na  busca pela esposa perfeita, ele vai precisar de muito mais que a ajuda do questionário que  desenvolveu para selecionar candidatas. E, quando Rosie Jarman entra em seu escriório – um  exemplar totalmente inadequado ao seu perfil -, o imprevisto, o impulso e a emoção passam a  ser as novas regras.”

 

image (1)

O Projeto Rosie foi um dos últimos livros que li em 2013 e foi uma leitura rápida e bem agradável. É um chick-lit (“Chick lit é um gênero ficção dentro da ficção feminina, que aborda as questões das mulheres modernas. Chick-Lits são romances leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna, independente, culta e audaciosa”.) maravilhoso e o melhor que li no ano passado!

Conta a história de Don Tillman, é um professor de genética de uma Universidade lá na Austrália, é um homem um pouco diferente da maioria, além de ser muito inteligente (chegando a ser superdotado) ele também tem a síndrome de Asperger (ou autismo), o que para ele não tem problema nenhum. Agora, com quase 40 anos ele decide criar um projeto para achar uma mulher, que é intitulado como Projeto Esposa. Ao longo do tempo ele vai achando várias mulheres que foram capazes de preencher um questionamento de forma correta, mas depois de se encontrar com elas ele percebe alguma coisa ou comportamento que não aprova e as desqualifica. Isso se repete por algum tempo até que uma garota aparece no seu escrito e ele achando que é uma candidata a chama pra sair.

Essa garota é a Rosie e depois de conhece-la, ele percebe que ela é exatamente o oposto de tudo aquilo que ele procura em uma garota, mas eles acabam desenvolvendo uma amizade principalmente pela história da garota. Sua mãe morreu quando ela ainda era criança, ela foi criada pelo padrasto, mas sempre quis saber quem é o seu pai biológico. É a partir daí que Don e Rosie desenvolvem o Projeto Pai, que consiste em ir atrás de todos os supostos pais biológicos da mulher e coletar todos os seus DNA’s.

O livro é maravilhoso e o final foi surpreendente, pelo menos pra mim, errei todos os meus suspeitos! Ele é narrado em primeira pessoa e por um homem, o que já é bem diferente da maioria dos chick-lits e romances em geral. Além disso, ele tem autismo, o que me fez pensar e lembrar no Sheldon Cooperde The Big Ban Theory muitas vezes, principalmente quando Don calculava o tempo e quando fazia análises inteligentes sobre tudo.

Todas as personagens do livro são muito bem construídas e com características muito diferentes da maioria dos outros livros.

image (2)

image (4)

Como quase todos os outros livros, ou todos os livros que resenhei aqui, dou nota máxima tanto pela edição quanto pela história. Recomendo à todos que querem ler um chick-lit bem diferente e cheio de surpresas.

Pretendo vir com uma resenha muito legal pra vocês semana que vem, em vídeo e escrita. Vamos cruzar o dedo pra que eu consiga, minha vida tá tão corrida que nem acredito.

Beijos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s