#QuarteirãoDosQuadrinhos Vai um japonês aí?

Oi, habitantes!

Hoje, resolvi falar de um tipo de quadrinho que eu admiro, mas não tenho tanto contato: o mangá. Originado no Japão, com base nos tradicionais teatros de fantoches, ele acabou se espalhando e virando febre entre os ratos de quadrinhos, principalmente porque existem vários temas, como o Shonen (para garotos) e o Shojô (para garotas)*. Apesar de traduzidos, eles continuam com características orientais, como o sentido de leitura (ele é lido “de tras para frente”, da direita para a esquerda).
No #QuarteirãoDosQuadrinhos de hoje, vou falar um pouquinho dos meus mangás favoritos — já pedindo desculpas de antemão se eu falar alguma besteira!

1) Nephilim

5186

Em uma terra distante, a revolução está assustando a realeza. Guy é um rebelde fodão e foragido que acaba entrando em uma floresta e conhecendo Abel, um garoto magrelo e teimoso. Acontece que Abel não é só um menino — ele é um nephilim, criatura mítica que só revela seu verdadeiro gênero à noite. Ou seja: menino de dia, menina à noite. Detalhe: quando a verdadeira forma de um nephilim é vista por um humano, ele deve ser morto pelo nephilim. Outro detalhe: Guy e Abel se apaixonam! O mangá é da Anna Hanamaki e pode ser lido online.

2) Sakura Card Captors

card-captor-sakura

Você deve conhecer a história da garotinha de dez anos que, de uma hora para a outra, se torna uma caçadora de cartas mágicas, sempre acompanhada pelo falante Kero (aquele bichinho amarelo e fofo que todos queríamos apertar). É que, nos anos 2000, a Sakura foi transformada em um desenho animado bastante fiel à HQ (aliás, os desenhos japoneses, chamados “animes”, geralmente são boas adaptações de seus mangás). Sakura está na minha listinha porque a) é classico; b) a história mistura problemas de crianças e lutas fodidas e c) os figurinos da Sakura ❤

3) O namorado perfeito

zettai2

Riiko é uma colegial de-ses-pe-ra-da por conseguir um namorado — e que fracassou em todas as suas tentativas de agarrar um homem. Um belo dia, ela faz um favor a um estranho e, em troca, recebe um presente incomum: um andróide super real. Bom, na verdade, não é apenas um robô. É um garoto customizado pela própria Riiko, física e psicologicamente, para ser o namorado perfeito. O problema começa quando Riiko descobre que 1) o robô é mais humano do que ela pensava e 2) não foi bem um presente: o boneco custa caro e, para pagá-lo, ela deve servir de “cobaia” para a empresa do estranho. Pra piorar, ela começa a se apaixonar pelo andróide! O mangá é de Zettai Kareshi e é lindo.

4) Full Moon o Sagashite

Full_Moon_o_Sagashite

Mitsuki, como muitas adolescentes, sonha em ser cantora. O problema é que ela sofre de câncer de garganta. Certa tarde, dois  shinigami (anjos da morte) chamados Meroko e Takuto aparecem, para vigiá-la até que chegue a hora da sua morte. Como último pedido, Mitsuki convence os dois shinigamis a deixá-la participar de um concurso de canto estilo The Voice. O problema é que Mituki vence o concurso, e acaba se tornando super famosa! Agora, a menina vai ter que lutar contra a morte para seguir seu sonho. Enquanto isso, o passado misterioso dos dois anjos é revelado em flashbacks. Arina Tanemura arrasou nessa história!

 

5) Love Hina

200px-Love_Hina_volume_1

Keitarô é um rapaz de 20 anos que, depois de tentar por dois anos, ainda não conseguiu ingressar na Universidade de Tóquio — o que, na cultura japonesa, é uma baita vergonha. Expulso da casa dos pais, ele não tem outra alternativa a não ser ir morar na pensão de uma tia distante. Acontece que a tia saiu para viajar e o pensionato acabou se tornando um lar para garotas! Keitarô é feito de gato e sapato por elas enquanto estuda para o vestibular. Você deve estar se perguntando: por que sofrer tanto só para entrar na faculdade!? É que o rapaz fizera uma promessa a uma garota, anos antes: ele entraria na Universidade de Tóquio só para reencontrá-la. Será que ele consegue? Tirando as cenas quase sexuais (e as vááárias calcinhas à mostra), Love Hina, de Ken Akamatsu, é muito fofinho e cheio de surpresas.

É isso aí, Habitantes!
* Não sou a favor das divisões de entretenimento por gênero, que fique bem claro!

Anúncios

3 comentários sobre “#QuarteirãoDosQuadrinhos Vai um japonês aí?

  1. Mimis (@quaseinedita) disse:

    Sempre que eu vejo coisinhas de mangá lembro da minha pré-adolescência/adolescência ❤ Apesar da parte vergonhosa (tipo eventos de anime) tinha uma parte muito boa dessa época. Sempre me deixa com coração quentinho quando leio mangás queridos.

    Tinha uma coleção enooorme, me desfiz de vários e ficaram só os queridinhos (recentemente voltei a comprar alguns, como essa coleção nova e absolutamente linda de Sakura Card Captos e Guerreiras Mágicas de Rayearth).

    Acho que você ia gostar de Honey & Clover! 🙂 É um dos mangás mais lindos e emocionantes que já li. Ele nem tem elementos mágicos nem nada, pelo contrário: fala sobre um grupo de jovens que entra na faculdade de artes e os problemas/conflitos/conquistas deles ao longo desse período. ❤ Outros títulos mais ~vida real~ são Paradise Kiss (choro até hoje porque não consegui comprar o último volume) e Nana, ambos da mesma autora.

    E se você gostou das cenas de lutas x figurinos lindos, leia outros do Clamp. Essas mulheres são mágicas. Angelic Layer é bem curtindo e muito legal, Guerreiras Mágicas de Rayearth é muito legal e xxxHolic tem tramas e personagens viciantes.

    Ufa, falei muito. ahahah Me empolgo com essas nostalgias.

    • helodangelo disse:

      Ai, que legal!! Eu acho mangás lindos, mas nunca tive muito contato, infelizmente. Com certeza vou comprar o Honey e Clover! Nana eu já vi por aí, mas nunca parei pra ler. Obrigada pelas dicas! Quem sabe não escrevo sobre eles? haha Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s