#CantoDoCinema: Resenha “Sharknado 2: The Second One”

Foi um mês de hiato, habitantes.
Um mês refletindo sobre um pedido de diversos autores e ex-autores do blog.
Tantos filmes bons estreando, mas eu sentia que, se eu não resenhasse esse longa, ele iria me perseguir pelo resto da vida.

Com vocês, Sharknado 2

Depois do grande sucesso, ou quase, do primeiro filme, o tornado de tubarões volta a alastrar os EUA, e, dessa vez, ele acontece em Nova York.
O longa começa com Fin Shepard (Ian Ziering), mais conhecido como o grande salvador de Los Angeles pós-peixadas na cara, em um avião junto com sua ex-atual-quase-divorciada esposa April (Tara Reid), ambos estão rumo à Nova York. Logo antes do avião pousar no Aeroporto JFK, Fin começa a notar nuvens muito estranhas e teme que a tempestade de tubarões esteja começando de novo.
E estava.
Um tubarão acaba ficando preso na turbina do aeronave, os pilotos são comidos, e Kelly Osbourne é decapitada.
Sim, a cantora faz um papel-relâmpego ao interpretar uma aeromoça fã de Fin que, depois de salvar Los Angeles, lança um livro.
Sinto muito estragar a surpresa de alguns leitores, mas impossível não colocar esse gif por aqui.

O roteiro e os gráficos pífios não mudaram, mas houve uma melhora considerável nas atuações e nas situações nonsense do filme. A parte 1 da saga “tubaresca” falhava ao arriscar em momentos de humor não-físico, baseado em piadas e frases feitas que não surtiam efeito nenhum. Na continuação, isso já muda, a não ser por April que mantém uma atuação medíocre e digna de novela mexicana, os outros atores conseguem arrancar alguns risos de canto de boca com boas tiradas.
A trilha sonora continua a mesma. Com uma pegada meio indie rock que lembra o som de bandas como The Vaccinnes, a música tema é tão rasa quanto o filme, mas diverte justamente por isso.
Para quem ficou curioso:

Não dá pra negar que tubarões no metrô, uma reflexão quase existencialista sobre a fama e o próprio tema em si atraem. É algo tão trash que fica impossível não se divertir vendo.
E uma ótima notícias para os fãs dessa saga, o terceiro filme já está em fase de produção e deve estrear em 2015.
Quem quer ver gente sendo comida por tubarões em situações inusitadas põe o dedo aqui!!!

É isso habitantes!
Até semana que vem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s